O primeiro Arte Bahia em Salvador foi um grande sucesso e se destaca como o maior evento de balões no nordeste.

Com um povo tão gentil e acolhedor, os participantes do primeiro Arte Bahia de Arte com balões foram recebidos de braços abertos, primeiro pela organizadora Hortênsia com "s" e do seu grande companheiro Rui. Depois vieram todo o carinho dos congressistas. Visitei Salvador por 3 vezes. E em nenhuma delas tive a oportunidade de conhecer esta querida cidade. Desta vez foi diferente. Pude conhecer o mercado Modelo, o pelourinho, algumas igrejas, praias, o prédio onde mora a Ivete Sangalo, o elevador Lacerda, o plano inclinado para descer até a cidade baixa, o acarajé, a muqueca de camarão (já tinha provado tudo isso em São Paulo, mas lá é muito mais gostoso), o carinho baiano, Farol da Barra, Caldo de Lambreta, o hotel no bairro de Ondina, vi as esculturas de umas meninas gordas, o local onde o Michel Jackson filmou o videoclipe, etc.

Pude testar a peça que será demonstrada este ano de 2010 em Las Vegas, o DOME. Aqui batizado de DOMO BAHIA, em gratidão pela querida recepção do povo baiano. Apesar que havia participante de Rondônia, Rio de Janeiro, e outros locais bem longe de Salvador.

Neste evento teve a participação da Bonus Infladores, Tecbol, Artlatex, Plasteng e muitos outros que não me lembro direito.

Como instrutores estavam presentes : André Figueiredo, Eduardo Seiti, Ricardo Rodrigues, San Silva, Rita Magalhães da Artlatex, e a participação de muitos staff´s como a Cristina e o seu maridão André, todos queridos que sem eles não daria para fazer este show.

Com a Hortênsia e a Carol,

responsável do marketing da

Tecbol

No meio de uma das aula

Saguão do Hotel

Com o Polvo montado

pelo André Figueiredo

No momento do acionamento

da chuva de balões da

Bonus Infladores

Os balões caindo no saguão

do hotel. Depois da sujeira,

a direção do hotel não

me esquece mais

Êbaaaa

No balcão, o gerente do

hotel nada feliz

Eu e a Hortênsia após comer

a muqueca de camarão com

óleo de dendê

O Rui, maridão da Hortência,

Sergio, diretor comercial da

Tecbol e eu tomando café

no pelourinho

Com a fantasia de membro

do Olodum, funmando um

cachimbo da paz. Esta fantasia

só poderia ser um presente da

baiana que me buscou no

aeroporto. Adivinhem quem é.

   

 

 

 

Voltar à lista de Notícias